8 DIRETRIZES PARA UMA CULTURA INTELIGENTE DE SEGURANÇA NO TRABALHO

Sábado, 31 Janeiro 2015 02:05
Avalie este item
(3 votos)

Uma pesquisa identificou 8 diretrizes culturais de influência na segurança do trabalho que resulta em um maior retorno do investimento da empresa destinado a essa área. Se você pretende planejar segurança no trabalho para 2015 seria bom dar uma olhada nesses fatores e o seu impacto, principalmente buscando entender como os empregados percebem, valorizam e utilizam essas diretrizes dentro da cultura de sua empresa. O trabalho está baseado no quadro abaixo, que lista essas diretrizes e como os empregados os valorizam. A interpretação do Quadro exige uma leitura e visualização cuidadosas. Este post é uma tradução de artigo publicado no site OHS on line pelo NRFACIL.

 

Uma pesquisa identificou 8 diretrizes culturais de influência na segurança do trabalho que resulta em um maior retorno do investimento da empresa destinado a essa área. Se você pretende planejar segurança no trabalho para 2015 seria bom dar uma olhada nesses fatores e o seu impacto, principalmente buscando entender como os empregados percebem, valorizam e utilizam essas diretrizes dentro da cultura de sua empresa. O trabalho está baseado no quadro abaixo, que lista essas diretrizes e como os empregados os valorizam. A interpretação do Quadro exige uma leitura e visualização cuidadosas. Este post é uma tradução de artigo publicado no site OHS on line pelo NRFACIL.

 

O quadro compara o número de incidentes em relação a 8 variáveis ligadas à segurança (Supervisão, Trabalho de Equipe, Impacto, Comunicação, Envolvimento, Carga de Trabalho, SESMT e Bem Estar).

Na coluna em azul o número de incidentes está relacionado à baixa pontuação atribuida pelos empregados da empresa em relação à efetividade dos 8 fatores. Na coluna em vermelho está a alta pontuação atribuida pelos empregados à efetividade dos mesmos fatores. Por exemplo, quanto mais os trabalhadores atribuem baixa pontuação a um determinado fator, maior o número de incidentes. Veja as pontuações sobre COMUNICAÇÃO (0,56) onde o maior escore de baixa pontuação corresponde ao maior número de incidentes.

IMPACTOS CULTURAIS

Pesquisas mostram que existe uma série de fatores com impacto na criação de um ambiente de trabalho seguro e todos esses estudos apontam uma conexão indissociável com a cultura geral da empresa. E mais importante, o número de incidentes de segurança que você vai perceber este ano estará provavelmente baseado em como os trabalhadores se sentem em relação a esses fatores.

DEFININDO UMA CULTURA
QUE PROMOVA SEGURANÇA

No fundo, a cultura se resume à opinião dos empregados sobre a políticas, procedimentos e práticas que afetam a eles próprios no ambiente de trabalho. Essas opiniões refletem situações relacionadas à autonomia individual que possuem em relação ao seu trabalho bem como em relação, seja à segurança pessoal seja em relação à segurança do processo de trabalho.

RISCO E CONTROLE DE RISCOS

Os problemas pessoais de segurança enfatizam a prevenção de riscos de lesões, como escorregar, sofrer um impacto ou stress, enfatizando-se o uso de capacetes, botas e outros EPIs. Os riscos ligados aos processos enfatizam a prevenção de liberação não intencional de materiais potencialmente perigosos. São identificados através dos recursos de engenharia, manutenção de equipamentos, alarmes, pontos de verificação, procedimentos e treinamento. Essas são as ferramentas nos projetos de segurança que são bem compreendidas pelos líderes e empregados.

INTELIGÊNCIA EM SEGURANÇA

Entretanto, o pessoal da inteligência em segurança entende que as pesquisas encontraram uma relação estatística muito forte entre a opinião dos empregados sobre a cultura no local de trabalho e os resultados ligados à segurança – o número de acidentes, absenteísmo, registro de incidentes de segurança e interrupções na produção. Esses achados demonstram que as empresas podem reduzir os incidentes de segurança estudando os aspectos importantes da cultura organizacional.

Reaparesentamos a figura do início deste post, que demonstra como os elementos culturais encontrados pelos pesquisadores exercem influencia indireta nos resultados da segurança e de como os empregados classificam esses elemento culturais.


A CULTURA DETERMINA OS
RESULTADOS EM SEGURANÇA


Coluna azul: os empregados deram uma nota baixa
Coluna vermelha: Os empregados deram uma nota alta

RESULTADOS

Os resultados demonstram que as empresas podem reduzir os incidentes de segurança focando em aspectos importantes e específicos da cultura organizacional. A figura mostra as diretrizes culturais que os pesquisadores encontraram como de influência indireta nos resultados da segurança. Em algumas dessas diretrizes observa-se o dobro ou o quadruplo de variações nos resultados quando baseados em como os empregados pontuam esses elementos culturais, de forma positiva ou negativa.

 

DIFERENCIADORES CULTURAIS

QUAIS AS OPINIÕES ESPECÍFICAS DOS EMPREGADOS QUE INTERESSAM?



DIRETRIZ 1: COMUNICAÇÃO

Como os empregados percebem a qualidade e quantidade de informação na companhia é o fator mais importante e de maior impacto na direção de criar uma cultura de segurança. Onde os empregados deram uma pontuação alta aos seguintes seis fatores, os incidentes de segurança ocorreram somente em 25% em comparação àqueles ambientes de trabalho onde os empregados assinalaram baixa pontuação a esses fatores.

A empresa me mantem informado sobre assuntos que podem me afetar

A informação que eu preciso para fazer o meu trabalho está acessível

Eu tenho uma idéia clara doi que a empresa espera de mim no trabalho

Eu estou suficientemente informado sobre os valores da empresa

Eu recebi informação adequada sobre os planos da  empresa

Eu entendo como os objetivos de meu setor de trabalho
batem com os objetivos da empresa

 


DIRETRIZ 2: O PESSOAL DO SESMT

(Nota da tradução: no original, o autor menciona
Senior Management, traduzida como SESMT)

 

Através de seu empenho e ações práticas os profissionais do SESMT demonstraram visível apoio à excelência operacional e os empregados notaram esse empenho. Quando os empregados tem confiança nas decisões tomadas pela equipe de gerenciamento e acreditam que os líderes estão demonstrando um claro senso de direção, os problemas de segurança são reduzidos em MAIS DE 3 VEZES em relação a organizações em que o pessoal do SESMT fica olhando as coisas aconteceram de longe e não inspira confiança em relação às suas atitudes.




DIRETRIZ 3: TRABALHO DE EQUIPE

Onde o trabalho de equipe é encorajado e os colaboradores estão dispostos a ajudar um ao outro, mesmo que isso signifique fazer alguma coisa fora de sua rotina normal, os resultados da segurança são mais do que 3 VEZES MELHORES  do que aquela operação entre grupos, divisões ou unidade de negócios que não são pontuados de forma elevada pelos empregados. Trabalho de equipe permite um monitoramento mútuo assegurando que os protocolos de segurança estão sendo obedecidos e dá suporte aos empregados quando as demandas do trabalho aumentam a probabilidade de erros ou acidentes. Equipes de trabalho inefetivas são não apenas menos produtivas mas são também menos seguras.

DIRETRIZ 4 – CARGA DE TRABALHO

Sem dúvida que a carga de trabalho exerce um papel importante nos resultados ligados à segurança. Cargas pesadas de trabalho neutralizam a performance em segurança mas esse efeito é amortecido quando equipes de trabalho fortes assumem a carga e não é surpresa encontrar os fatores EQUIPE DE TRABALHO e CARGA DE TRABALHO compartilhando do mesmo resultado na Tabela que ilustra este post.

Líderes em segurança serão bem servidos para regularmente monitorar da mesma forma o nível de capacidade e as opiniões dos empregados nos fatores a seguir:


Prioridades não mudam tão frequentemente que eu tenha problemas para concluir meu trabalho

Existe geralmente um grupo de trabalho suficiente para dar conta da carga de trabalho e eu estou satisfeito com essa carga

As demandas de meu trabalho não interferem seriamente com a minha vida privada

 

DIRETRIZ 5 – SUPERVISÃO

O que os trabalhadores acham do seu supervisor direto influencia fortemente seus níveis de engajamento sobre seu trabalho em geral, mas pesquisas tambem tem descoberto que evidencias de boa liderança – ou a ausencia dela – afeta a performance de segurança dos trabalhadores. Trabalhadores com os menores incidentes de segurança acreditam que eles estão trabalhando com supervisores que tenham uma boa comunicação, ouvem as sugestões dos empregados e colocam uma ênfase na qualidade do trabalho, mais do que a quantidade. Nos locais onde os trabalhadores atribuem uma alta pontuação às suas empresas na categoria geral de não sacrificar a qualidade dos produtos para atender prazos ou cortar custos encontramos tambem ambientes com excelentes registros de segurança.

Pontuações elevadas nos seguintes 5 fatores foram encontrados como importantes para reduzir registros de incidentes

Regras de segurança são cuidadosamente observadas, mesmo se isso signifique que o trabalho seja mais lento

Eu terei apoio ou serei positivamente reconhecido se eu parar uma condição
insegura de trabalho

Uma ação corretiva é adotada quando uma condição insegura é notificada

Meu supervisor demonstra preocupação com a segurança pessoal

A empresa providencia adequado treinamento
em segurança

 



DIRETRIZ 6 - ENVOLVIMENTO

Trabalhadores confiantes e que são encorajados eles mesmos para solucionar problemas irão aumentar seu senso de responsabilidade e sua motivação para se tornarem parceiros de projetos, reduzindo a probabilidade de problemas de segurança. Para aumentar a segurança de DUAS VEZES E MEIA, líderes de segurança precisam estar vigilantes para manter uma linha aberta de comunicação e em ajudar os trabalhadores se sentirem que têm voz no ambiente de trabalho.

Eu sou encorajado para trazer soluções inovadoras
para problemas no trabalho

Líderes no meu grupo de trabalho acreditam 
na avaliação do nosso pessoal

Há compromisso para considerar a opinião e
pensamento dos trabalhadores

Meu supervisor me envolve em planejar o trabalho do meu grupo e nas decisões que afetam nosso trabalho, e em dar um feedback regular da minha performance

 

 

DIRETRIZ 7 – IMPACTO INDIVIDUAL

Além do envolvimento, impacto individual significa atribuir importancia ao trabalhador pois eles entendem claramente a importancia de seu trabalho individual para o sucesso da organização e como os objetivos do grupo estão alinhados com a estratégia geral da empresa. O alinhamento dos trabalhadores com a visão ampla da empresa gera uma variedade de benefício, incluindo os níveis de engajamento e o aumento de oportunidades para melhoria e inovação assim como para reduzir inicidentes e mais da metade.  

Não duvide em fornecer aos empregados o conhecimento e as ferramentas para tomarem decisões. Trabalhadores que tem um entendimento claro de seus papéis conhecem seu lugar dentro da equipe e da organização e com mais probabilidade para tomar decisões bem informadas em face de ameaças de segurança.



FATOR 8 – RESPEITO E BEM ESTAR

Culturas que enfatizam o bem estar dos trabalhadores e qualidade da produção estarão mais propensos para tornar a segurança uma prioridade. Supervisores devem comunicar e demonstrar um conjunto de princípios que apoiam e estimulam o bem-estar da força de trabalho. Ambientes de trabalho com uma alta pontuação nesse fator se beneficia por ter a metade do número de problemas de segurança do que os ambientes onde os líderes estão menos atentos a esses aspectos dos trabalhadores.


Eu sou tratado com digniidade, respeito e confiança

A empresa cuida da saúde e bem estar dos trabalhadores

Eu sinto que os supervisores apoiam oportunidades igualitárias

Os benefícios são bons ou melhores do que de outras empresas e atendem minhas necessidades

 

 

AGINDO PARA MELHORAR A PERFORMANCE EM SEGURANÇA

Esforços focados nessas 8 diretrizes culturais podem levar a melhorar a performance de segurança. A pesquisa validou que ambientes de trabalho que fazem melhorias nessas áreas chave da cultura organizacional tem menor incidentes de segurança.

 

Comece por comprar a idéia e apoie o pessoal do SESMT e em seguida implemente seus planos de estimular esses elementos culturais através dos líderes locais de segurança. Para implementar e estimular a segurança no trabalho esforços devem ser feitos para otimizar cada oportunidade de melhoria.

 

CONCLUSÕES

Cultura é um grande e expressivo nome. É um conceito amplo com um grande alcance e impacto através da organização. Mas geralmente a direção da empresa acredita erradamente que isto tem muito pouco a ver com sua esfera de influencia e assim delega esses cuidados e manutenção para o Departamento de Recursos Humanos ou de Pessoal. Trata-se de um erro que acaba ficando caro.

 

Todos os líderes deveriam se sentir responsáveis pela formatação de uma cultura em suas organizações como parte de suas obrigações como líderes. E isso é muito mais importante para os líderes da segurança, que deveriam reconhecer essa oportunidade, visto que a cultura exerce um papel crítico em criar e manter um ambiente de trabalho seguro.

 

Michelle M Smith
Presidente do Forum para a Performance das Pessoas na Northwestern University 

Tradução e contextualização: 


 

Lido 46094 vezes Última modificação em Domingo, 15 Março 2015 21:09

2 comentários

  • Link do comentário Rafael Medeiros Segunda, 06 Abril 2015 17:23 postado por Rafael Medeiros

    Ótimas colocações.

  • Link do comentário Jorge Luiz A. Segunda, 06 Abril 2015 04:32 postado por Jorge Luiz A.

    excelente post! infelizmente nem todos os líderes e empresas conseguem ter essa visão. Existem tantas coisas que poderiam ser resolvidas seguindo essa cartilha.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


Categorias: