(NR-6) DICAS DE PROTEÇÃO VISUAL PARA TRABALHADORES NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO DURANTE O VERÃO

Domingo, 19 Julho 2015 04:29
Avalie este item
(6 votos)

Enquanto os riscos para os olhos ocorrem em praticamente qualquer indústria, a construção civil está em segundo lugar no ranking dos ambientes de trabalho com o maior risco de lesões oculares. Durante o verão intensifica-se o trabalho em ambientes abertos e consequentemente os riscos de lesões oculares. No verão, quando a quantidade de trabalho realizado ao ar livre torna-se mais frequente, os trabalhadores estão expostos a ainda mais perigos para os olhos causados por fatores ambientais, como vento forte, luz natural, calor extremo, e umidade.

 




By Phil Johnson

Enquanto os riscos para os olhos ocorrem em praticamente qualquer indústria, a construção civil está em segundo lugar no ranking dos ambientes de trabalho com o maior risco de lesões oculares. Durante o verão intensifica-se o trabalho em ambientes abertos e consequentemente os riscos de lesões oculares.

 

TRABALHO AO AR LIVRE

O problema é que os trabalhadores da construção geralmente exercem várias atividades durante o dia e assim enfrentam uma ampla variedade de riscos, incuindo partículas suspensas, salpicos químicos e radiação.

No verão, quando a quantidade de trabalho realizado ao ar livre torna-se mais frequente, os trabalhadores estão expostos a ainda mais perigos para os olhos causados por fatores ambientais, como vento forte, luz natural, calor extremo, e umidade.

Devido a que cada ambiente de trabalho é único, não existe um padrão especifico para a proteção de olhos para a indústria da construção. No entanto, as NRs e as normas internas da empresa poderão ajudar a orientar o pessoal do SESMT na escolha do equipamento de proteção individual para manter os trabalhadores em segurança.

Normas nacionais de segurança, estabelecidas pela norte-americana "American National Standards Institute" (ANSI), estão em vigor para ajudar na seleção e no uso adequado dos óculos de segurança. A ANSI Z87.1 é uma norma atual que define os requisitos de proteção ocupacional dos olhos e face, e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) exige aprovação sob esta norma para conceder um número de Certificado de Aprovação (CA) para óculos de segurança. As empresas que violam estes requisitos podem sofrer uma multa severa.

As NRs da legislação brasileira obrigam aos empregadores orientar o uso de EPI adequado para os olhos por parte dos trabalhadores para riscos específicos nos ambientes de trabalho e que o EPI seja adequado e adaptado ao trabalhador. Além disso, muitos ambientes de trabalho implementam diretrizes além das próprias NRs, direcionadas à proteção dos olhos e baseadas em riscos específicos que estejam presentes.

Abrindo a Pasta da NR-6, acesse o Remissivo e veja no item Anexo I a Lista de EPI especificando a necessidade de proteção contra riscos específicos (partículas volantes, luminosidade intensa, radiação ultravioleta e vermelha, etc.) 



 

Além disso, a própria NR da Construção (18) estabelece a observância dos EPIs adequados na implementação do PCMAT:

 

 

Enquanto as normas de segurança contribuíram para reduzir o número total de lesões oculares relacionadas com a construção nos últimos anos, o número de tais lesões envolvendo dias de afastamento do trabalho ainda totalizaram mais de 25 mil em 2013, de acordo com um Órgão de controle dos Estados Unidos.

 

No entanto, de acordo com muitos profissionais de segurança, quase todas as lesões oculares ocupacionais poderiam ser evitadas através do uso dos óculos de segurança adequados.

 

Dadas as opções ilimitadas disponíveis, a partir de vários tipos de  revestimentos e de matizes de lentes tecnicamente avançadas e especializadas, a seleção de proteção para os olhos adequada para a força de trabalho ao ar livre pode parecer uma tarefa complexa.

 

Abordaremos os fatores que merecem atenção especial para garantir que o tipo de EPI para proteção ocular possa resistir a ambientes extremos durante o verão de forma a garantir uma força de trabalho saudável e segura.


 

GARANTIA AMPLA PROTEÇÃO PARA IMPACTO 

A principal causa de lesões oculares em construção é o contato com corpos estranhos. Fragmentos, lascas, cavacos de madeira,  pregos e fragmentos de metal são apenas alguns dos materiais cujo contato com os olhos pode causar abrasões ou perfurações, resultando perda de visão ou do próprio olho. 

 

Outra  preocupação em relação à proteção para os olhos ao ar livre é vento. Atividades como mistura de cimento, serração, trituração, e raspagem levam à produção de partículas de poeira suspensas. Em ambientes de vento, estes materiais aumentam muito as chances de lesões. Para proteger os trabalhadores de partículas pelo vento, observe a cobertura adicional de óculos de segurança ou óculos selado. Enquanto óculos tradicionais se ajustam ao rosto e protegem da poeira e de detritos voando bem como respingos de substâncias químicas, eles também podem se tornar volumosos e levar o trabalhador se sentir desconfortável, o que pode fazer com que os trabalhadores retirem a proteção.

 

Um relativamente novo tipo de proteção para os olhos denominado óculos selado, está rapidamente ganhando popularidade em locais de construção. Com o estilo elegante e um perfil discreto e com uma armação ajustável, os óculos selados mantém detritos no ar longe dos olhos.

 

Independentemente do tipo que você escolher, não se esqueça de que os óculos de segurança devem ser adequados à variedade de riscos de impacto presentes e de acordo com o ambiente de trabalho. E, lembre-se, os óculos comuns ("óculos escuros") não são fabricados para resistir ao impacto, eles nunca são uma escolha segura para uso como óculos de proteção na indústria da construção.

 

BLOQUEIO DA LUMINOSIDADE E OFUSCAMENTO

 

Em ambientes ao ar livre, os olhos dos trabalhadores devem ser protegidos, não só contra impactos, mas também dos raios visíveis e invisíveis do sol. Radiação óptica é um perigo facilmente esquecido, mas os efeitos sobre a força de trabalho resulta em um espectro de lesões de curto prazo até a perda permanente da visão. A exposição prolongada à luz ultravioleta invisível do sol é uma das principais causas de catarata e cegueira. Os trabalhadores que tenham de permanecer em um ambiente externo durante qualquer período, devem utilizar óculos para o bloqueio UV, cujas lentes são marcados com um correspondente "U" para identificar proteção do espectro de ambos os raios UVA e UVB.


 

Enquanto permanecem em ambiente externo, os trabalhadores também estão expostos à luz e brilho solar, que constituem formas de radiação óptica visível também comumente negligenciado em auditorias de segurança. A exposição prolongada à luz direta ou refletida conduz a dores de cabeça, bem como fadiga ocular, vermelhidão, secura e irritação, todos os quais podem comprometer a produtividade. Para combater os riscos de luz natural, óculos com padrão cinza, marrom ou tonalidades de lentes espelhadas oferecem proteção adequada e podem ser selecionados com base na preferência do usuário. Em ambientes onde o brilho do sol que está sendo refletido em superfícies - como água, areia, vidro, metal de folha, ou concreto - escolha lentes espelhadas ou escuras e marcadas com indicação de redução de brilho.


 

Para os trabalhadores que frequentemente transitam entre ambientes internos e externos, as lentes variáveis ou fotocromáticas, são uma solução ideal. Ao invés de ficar trocando de óculos entre ambientes externos e internos, os trabalhadores devem utilizar lentes variáveis de forma a reduzir tambem o risco de acidentes considerando que o olho leva um tempo para justar-se à iluminações diferentes, o que pode levar até vários minutos. Observe neste caso lentes destinadas a aplicações de luz variáveis.


REDUÇÃO DO EFEITO DE EMBAÇAMENTO

 

Não importa se o EPI visual é do tipo comum ou selado, o embaçamento representa um desafio enfrentado por quase todos os usuários de óculos de segurança. O embaçamento ocorre por diversas razões, incluindo calor e umidade ambiental, o próprio esforço do trabalhador, as diferenças de temperatura entre o exterior e o interior da lente, mudanças bruscas de temperatura, e lavagens frequentes. No verão esses fatores se combinam, fazendo com que o embaçamento seja quase impossível de evitar.

 

Quando a visão torna-se embaçada, os trabalhadores estão em risco de lesão potencialmente catastrófica. Em um instante eles podem experimentar um deslizamento e queda ou entrar em contacto com máquinas, corrente elétrica, ou produtos químicos perigosos. Para obter uma visão clara e continuar a trabalhar com segurança, os trabalhadores devem remover seus óculos - às vezes com frequência - para limpar as lentes claras. Se eles fazem isso na zona de trabalho, eles aumentam o risco de lesão; se o fizerem fora da zona de trabalho, a produtividade é perdida.

 

Para combater o embaçamento, selecionar óculos de segurança com um revestimento de lente anti-embaçamento de alto desempenho. Os métodos utilizados para a aplicação de revestimento anti-embaçamento variam muito, e o revestimento deve ser aplicado de modo que permaneça mesmo após repetidas lavagens. Ao selecionar lentes anti-embaçamento, procurar por fornecedores de confiança com um longo histórico de fornecimento de revestimentos de alta qualidade que garantem a proteção anti-embaçamento (ou anti-fog) eficaz e com longa durabilidade e resistente a lavagens e desgaste.

 

 

BENEFÍCIOS DE UMA CULTURA DE SEGURANÇA

Quando o trabalho de construção se desenvolve ao ar livre durante o verão, os trabalhadores enfrentam muitos perigos adicionais para os seus olhos. Enquanto alguns riscos, tais como objetos voadores requerem proteção óbvios, outros, como o vento, a luz natural, e escurecimento da visão por embaçamento,  também deve ser considerada.

Ao fornecer óculos de segurança que sejam duráveis até durante o verão, quando há uma maior demanda de agentes de riscos ambientais, os empregadores podem melhorar a conformidade, reduzir a possibilidade de lesões oculares, e de longo prazo promover uma adequada saúde da visão dos trabalhadores. Juntos, esses benefícios ajudam a construir uma base sólida para uma cultura bem sucedida de segurança.

Sobre o autor

Phil Johnson is the director of technology for Honeywell Safety Products' Eye & Face Protection Group. 

Tradução e Contextualização 

 

Lido 7098 vezes Última modificação em Segunda, 20 Julho 2015 20:07

11 comentários

  • Link do comentário Eduardo Estevez Segunda, 04 Abril 2016 15:02 postado por Eduardo Estevez

    obrigado agregou conhecimento

  • Link do comentário renan dantas coelho Quarta, 25 Novembro 2015 19:28 postado por renan dantas coelho

    Ficou muito bom......

    muito obrigado

  • Link do comentário chokito Terça, 25 Agosto 2015 04:48 postado por chokito

    quando sai mais material sobre a nr 6 ??? obrigado

  • Link do comentário nena1982 Quinta, 06 Agosto 2015 00:12 postado por nena1982

    boa noite, ficou bom este trabalho, obrigado

  • Link do comentário jpaulo2015 Quarta, 29 Julho 2015 11:07 postado por jpaulo2015

    obrigado!!

  • Link do comentário leandro almeida Quarta, 29 Julho 2015 09:58 postado por leandro almeida

    bom dia nrs

  • Link do comentário Mariano Segurança e Saúde no trabalho Segunda, 27 Julho 2015 10:58 postado por Mariano Segurança e Saúde no trabalho

    Bom dia e obrigado por esse bom trabalho.

  • Link do comentário mariano bezerra Quarta, 22 Julho 2015 23:21 postado por mariano bezerra

    boa noite esse what app serve pra tirar dúvidas tb?

  • Link do comentário Andreson Perez Quarta, 22 Julho 2015 07:28 postado por Andreson Perez

    bom dia gostaria de que me add no what app por favor

    (61) 99323 - 3400

    Andreson Perez

  • Link do comentário Glauco Dantas Terça, 21 Julho 2015 02:05 postado por Glauco Dantas

    Parabéns, um ótimo artigo.

  • Link do comentário Francesco Segunda, 20 Julho 2015 20:33 postado por Francesco

    excelente dicas

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


Categorias: