ROTEIRO COMPLETO PARA OPERAÇÃO DE ROMPEDOR / MARTELETE PNEUMÁTICO

Terça, 15 Setembro 2015 10:01
Avalie este item
(6 votos)

 

O Que é um Martelo Pneumático?

 

Um martelo pneumático, também conhecido como britadeira, martelete ou rompedor, é uma boa escolha para aqueles que passam horas e horas a demolir concreto, pedra e asfalto, em obras de construção civil, onde o trabalho parece nunca terminar, é naquelas situações em que os ponteiros do relógio se movem, mas o trabalho continua a não avançar. O martelo pneumático, é portanto a escolha preferida dos profissionais que fazem constantes trabalhos de demolição, isto porque este tipo de máquina tem um nível de eficácia bastante elevado e requer poucos custos de gestão, bem como de operação.


 

Todo mundo já sabe que os EPI’s são de uso essencial para qualquer tipo de ferramenta.

 

Mas sempre surge a dúvida – Qual o EPI correto para utilizar com o martelete?

 

Os marteletes são ferramentas mais robustas que são voltadas para a perfuração / rompimento de concreto, por isso, são ferramentas mais utilizadas em canteiros de obras, reformas, demolições, entre outros cenários. Esses ambientes exigem o uso de EPI para cada operador de máquina, no caso dos marteletes, são eles:

 



 

           

Modelos e características

É a relação entre o rendimento da percussão - ou seja, a quantidade de impactos por minuto - e o peso específico do martelo - o quanto ele pesa parado - que determina sua eficiência. Assim, o desempenho e a produtividade dependem dessa relação associada às dimensões, às propriedades do material e à geometria da ponta das ferramentas.

E são esses fatores que têm que ser levados em conta ao escolher o equipamento. O martelo deve ter a melhor relação entre a energia de batida e a respectiva freqüência de impacto, o que varia conforme a necessidade da aplicação. Alguns modelos possuem até cinco velocidades, que significam 730, 800, 1.150, 1.350 e 1.450 impactos por minuto.

Também é essencial escolher o tipo de cinzel, como a talhadeira - para abrir canais para dutos ou tubos de água e eletricidade -; e o ponteiro - para concreto e alvenaria. Alguns martelos aceitam batedor para compressão de solo, podendo ser necessário o uso de adaptadores.

Em geral, peças com até 7 cm de espessura podem ser rompidas com martelos leves, que têm até 6 kg. São adequados para pequenos serviços de demolição. Com espessuras entre 7 cm e 10 cm, é preciso optar por um martelo médio, que pesa entre 7 kg e 30 kg, e são ideais para trabalhos em estrada, escavações e demolições em geral. Já os pesados, com mais de 30 kg, são adotados quando o elemento tem até 15 cm. Estes últimos trabalham em velocidade mais alta e podem funcionar por longos períodos de tempo.

Saúde do operador

Dê preferência a ferramentas com sistemas de controle de vibração, que minimizam o desconforto do usuário. A vibração excessiva prejudica a saúde do operador, assim como o ruído, que afeta também quem está próximo da ferramenta em funcionamento.

Dessa maneira, os tempos de exposição aos níveis de ruído não devem exceder os limites de tolerância. Exposição a níveis de ruído superiores a 115 dB (A) sem proteção adequada oferecem risco grave. Assim, o limite de tolerância para ruído de impacto é de 130 dB (linear).

Para amenizar a exposição ao barulho e à vibração, é possível estabelecer o rodízio de operadores. Nesse modelo, a cada 1h00 ou 1h30 ocorre o revezamento.

Por ser uma máquina que produz vibrações, é necessário redobrar o cuidado com suas peças. Antes de ligá-la, verifique se os parafusos estão bem presos.

Esteja ciente se não existe fiação ou canos de gás, água ou esgoto que possam ser rompidos pelo martelo. Utilize meios apropriados para encontrar cabos escondidos ou consulte a companhia elétrica local. O contato com cabos elétricos pode provocar fogo e choques elétricos. Danos em tubos de gás podem levar à explosão e a penetração em um cano de água causa danos materiais e pode provocar choque elétrico. Quando a máquina estiver acionada, toda atenção deve estar voltada para ela. Aplique apenas uma ligeira pressão na ferramenta. O excesso de força não irá acelerar a operação e sim diminuir o rendimento da ferramenta, podendo reduzir o período de vida útil do martelete demolidor. Veja outras dicas para operação:






    

 

Algúns tópicos essenciais:

 

medidas2

 

 

  Veja neste vídeo abaixo algumas formas de utilizar o martelete pneumático:

 

 

          

 

        MATERIAL PARA DOWNLOAD      


Quem disse que o trabalho se resume apenas em seguir os procedimentos e colocar mãos a obra?

Nada disso, é preciso atender todas as exigências burocráticas também.

 

Para isso o NRFACIL selecionou alguns materiais indispensáveis a essas conformidades.

 

                   

           

               

                

 

 

Acesse as NRs pelo seu celular!

 

 

 ** Este material foi produzido em parceria com o grupo do Whats App TST GRUPO BRASIL  e o Técnico de Segurança Sr. Rogério Cordeiro.

 

Modelos e características

É a relação entre o rendimento da percussão - ou seja, a quantidade de impactos por minuto - e o peso específico do martelo - o quanto ele pesa parado - que determina sua eficiência. Assim, o desempenho e a produtividade dependem dessa relação associada às dimensões, às propriedades do material e à geometria da ponta das ferramentas.

E são esses fatores que têm que ser levados em conta ao escolher o equipamento. O martelo deve ter a melhor relação entre a energia de batida e a respectiva frequência de impacto, o que varia conforme a necessidade da aplicação. Alguns modelos possuem até cinco velocidades, que significam 730, 800, 1.150, 1.350 e 1.450 impactos por minuto.

Também é essencial escolher o tipo de cinzel, como a talhadeira - para abrir canais para dutos ou tubos de água e eletricidade -; e o ponteiro - para concreto e alvenaria. Alguns martelos aceitam batedor para compressão de solo, podendo ser necessário o uso de adaptadores.

Em geral, peças com até 7 cm de espessura podem ser rompidas com martelos leves, que têm até 6 kg. São adequados para pequenos serviços de demolição. Com espessuras entre 7 cm e 10 cm, é preciso optar por um martelo médio, que pesa entre 7 kg e 30 kg, e são ideais para trabalhos em estrada, escavações e demolições em geral. Já os pesados, com mais de 30 kg, são adotados quando o elemento tem até 15 cm. Estes últimos trabalham em velocidade mais alta epodem funcionar por longos períodos de tempo.

Lido 4427 vezes Última modificação em Sexta, 02 Outubro 2015 19:28

7 comentários

  • Link do comentário keliane Ricardo Terça, 25 Outubro 2016 17:52 postado por keliane Ricardo

    Boa tarde

    O treinamento de operação com Martelete Pneumático pode ser feito em 04:00 hs duas teóricas e duas pratica, pois não encontrei na NR 12 a carga horária especifica.

  • Link do comentário CESAR AUGUSTO SILVA DE SOUSA Quinta, 15 Setembro 2016 19:05 postado por CESAR AUGUSTO SILVA DE SOUSA

    OTIMO TRABALHO E MATERIAL DIDATICO.

  • Link do comentário Rafael Mendes Terça, 03 Maio 2016 17:45 postado por Rafael Mendes

    muito bom mesmo, obrigado pela dica amigos.

  • Link do comentário TST GRUPO BRASIL Terça, 22 Setembro 2015 20:41 postado por TST GRUPO BRASIL

    otimo!!!!!!!

  • Link do comentário Fausto (mestre de obras) Terça, 22 Setembro 2015 19:12 postado por Fausto (mestre de obras)

    MUITO BOM MATERIAL não poderia ter ficado melhor...........vlw

  • Link do comentário coelho_negri Segunda, 21 Setembro 2015 15:52 postado por coelho_negri

    mt boa dicas!

  • Link do comentário Marcelo Pinheiro de Oliveira Segunda, 21 Setembro 2015 15:07 postado por Marcelo Pinheiro de Oliveira

    como sempre bons artigos para nossa área de seg. no trabalho. agregou bastante ao conhecimento sobre martelete.

    OBRIGADO

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.


Categorias: