(NRs 10, 12, 18, 31 e 33) ATMOSFERAS EXPLOSIVAS

(NRs 10, 12, 18,  31 e 33) ATMOSFERAS EXPLOSIVAS

Atmosferas explosivas constituem uma das situações mais críticas para os profissionais do SESMT visto que um incidente pode ocorrer em ambientes industriais diferentes e com um alto potencial para causar danos irreversíveis, aos trabalhadores, comunidades e ao meio ambiente. Como...

Leia mais

TOP 10 NRFACIL 2014

TOP 10 NRFACIL 2014

Veja quais foram os 10 artigos mais acessados e curtidos no Facebook do site em 2014!   TAGS: O REMISSIVO DAS NRS EM TABLETS E CELULARES, PVE - PONTOS DE VERIFICAÇÃO ERGONÔMICA E AS NRS, OS CARD - ORDEM DE SERVIÇO EM SEGURANÇA...

Leia mais

(NR-21) TRABALHOS A CÉU ABERTO: DESASTRES E INUNDAÇÕES

(NR-21) TRABALHOS A CÉU ABERTO: DESASTRES E INUNDAÇÕES

A ocorrência de acidentes naturais, incluindo inundações e temporais, resulta na demanda de trabalhos a céu aberto de forma muito específica, visto que envolve equipes de trabalho em situações críticas. Há ainda necessidade de organizar o trabalho voluntário de pessoas...

Leia mais

(NR-12) EDUCAR, TREINAR E VISUALIZAR

(NR-12) EDUCAR, TREINAR E VISUALIZAR

  Neste post apresentamos uma tradução e compilação de artigos publicados na OHS on line, abordando um dos mais importantes aspectos de segurança no trabalho com máquinas e equipamentos: bloqueio e sinalização. Utilizamos alguns infográficos do texto digital da NR-12 para relembrar a...

Leia mais

NR-17 (ERGONOMIA) O QUE É “SAFE DESIGN" EM SST

NR-17 (ERGONOMIA) O QUE É “SAFE DESIGN" EM SST

O conceito de “safe design” (ou desenho para a segurança)  aparece como uma abordagem holística para a segurança do trabalho, que pretende ser a mais sistêmica possível, levando em consideração todas as variáveis envolvidas, incluindo a segurança não só dos...

Leia mais

(NRs 12, 17 e 18) ACIDENTES COM GUINDASTES E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

(NRs 12, 17 e 18) ACIDENTES COM GUINDASTES E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

Verifica-se atualmente que os acidentes tecnológicos aumentam em frequência e intensidade, sendo responsáveis por um número cada vez maior de mortos e feridos. A propósito de acidente recente ocorrido em São Paulo com um guindaste em obra do metrô, selecionados...

Leia mais

(NRs 5 e 9) MANUTENÇÃO EM SST: O ACIDENTE NA ANTÁRTIDA

(NRs 5 e 9) MANUTENÇÃO EM SST: O ACIDENTE NA ANTÁRTIDA

Este post revisa alguns grandes acidentes ocorridos recentemente, inclusive o da Estação brasileira na Antártida, considerando dois elementos comuns e essenciais: falta de manutenção e incêndio, ou seja, um tratamento insuficiente dos riscos previsto basicamente nas NRs 5 e 9.   ACIDENTES...

Leia mais

(NRs-11, 12, 18) ANALISANDO ACIDENTES COM MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS

(NRs-11, 12, 18) ANALISANDO ACIDENTES COM MOVIMENTAÇÃO DE CARGAS

Os últimos acidentes de trabalho em obras da Copa-2014 e em uma grande autopista no Rio de Janeiro, trazem à discussão  uma das atividades de maior risco em segurança no trabalho: o transporte de cargas ou a circulação de equipamentos...

Leia mais

IDÉIAS PARA ACIDENTE-ZERO Parte 2

IDÉIAS PARA ACIDENTE-ZERO Parte 2

No post anterior, foram discutidos os fundamentos de uma cultura de acidente-zero, criando um alinhamento com aquilo que entendemos como acidente-zero e estabelecendo um envolvimento genuíno com essa visão. Uma vez criado o alinhamento e o envolvimento, qual o próximo...

Leia mais

IDÉIAS PARA ACIDENTE-ZERO – Parte 3

IDÉIAS PARA ACIDENTE-ZERO – Parte 3

O papel principal do profissional de segurança é ajudar uma organização mover-se na direção de um ambiente de zero-acidente. Ao fazer uma transição do papel de um especialista técnico para um versátil agente de mudança nós podemos nos tornar parte...

Leia mais

(NR22) MINEIROS DO BRASIL

(NR22) MINEIROS DO BRASIL

O embarque dos mineiros lembra o embarque de astronautas da NASA. Mas aqui o buraco é mais embaixo. Esses trabalhadores adentram um território de alto risco de doenças e acidentes, muitas vezes em situação precária de segurança individual e ambiental....

Leia mais

(NR-22) ACIDENTE NO CHILE: FALTOU UMA ESCADA DE EMERGÊNCIA

(NR-22) ACIDENTE NO CHILE: FALTOU UMA ESCADA DE EMERGÊNCIA

O acidente no Chile é uma boa oportunidade para estudarmos a NR-22-Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração, cujo principal objetivo é tornar compatível o planejamento e o desenvolvimento da atividade mineira com a busca permanente da segurança e da saúde dos...

Leia mais

UMA NOVA NR PARA O TRABALHO AEROPORTUÁRIO

UMA NOVA NR PARA O TRABALHO AEROPORTUÁRIO

Cerca de 30 mil trabalhadores (aeroviarios e aeroportuarios) compoem 90% da força de trabalho no transporte aéreo brasileiro, numa atividade que associa riscos diversos, em uma dinâmica semelhante ao do trabalho portuário (NR-29): atividades simultâneas, intensivas e complexas, executadas sob...

Leia mais

AGROTÓXICOS: NOVOS DADOS DO CENSO AGROPECUÁRIO

AGROTÓXICOS: NOVOS DADOS DO CENSO AGROPECUÁRIO

Novos dados sobre  agrotóxicos foram publicados do Censo Agropecuário-2006, evidenciando situações que continuam a preocupar autoridades e a população em geral. Dentre esses dados, destacam-se aqueles relacionados aos trabalhadores e o seu envolvimento com os produtos, principalmente a falta de orientação...

Leia mais

NRs 6, 12 e 17: CHECK LIST DE SEGURANÇA PARA MÃOS

NRs 6, 12 e 17: CHECK LIST DE SEGURANÇA PARA MÃOS

Após a leitura da tradução abaixo, recomendamos revisar as NR-6, NR-12 e NR-17 que tratam da proteção e adaptação ao trabalho, bem como da proteção de máquinas. É importante salientar que o uso do EPI deve ser utilizado somente quando...

Leia mais

EPI, ERGONOMIA E INSALUBRIDADE: OS VINCULOS ENTRE AS NRS 6, 15 E 17

EPI, ERGONOMIA E INSALUBRIDADE: OS VINCULOS ENTRE AS NRS 6, 15 E 17

70% dos acidentes industriais são decorrentes do stress: falta de atenção, cansaço, desmotivação. Segundo um Estudo, 40% das pessoas pedem demissão ou são demitidas porque estão estressadas com o trabalho. Além disso, uma rotatividade elevada de pessoal acarreta custos para...

Leia mais

DataShow

SEGURANÇA NO USO DE EMPILHADEIRA
AS 7 PRINCIPAIS CAUSAS DE ACIDENTES NA CONSTRUÇÃO CIVIL
REDE DESENERGIZADA: REGRAS DE OURO
DIFERENÇAS ENTRE PERIGO X RISCO
RISCOS ELÉTRICOS E PROTEÇÃO PARA OS PÉS
CONGRESSO MUNDIAL: PREVENÇÃO DE QUEDAS NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO
10 QUESTÕES SOBRE O USO DO CAPACETE
DIÁLOGOS CRÍTICOS EM SST
USANDO A LUVA DE SEGURANÇA ADEQUADA
ROTEIRO COMPLETO PARA TRABALHO EM ALTURA (NR 35)
INSALUBRIDADE X PERICULOSIDADE: DIFERENÇAS
TÓPICOS SELECIONADOS DE TOXICOLOGIA OCUPACIONAL
RUÍDO E VIBRAÇÃO
CONGRESSO MUNDIAL: PROBLEMAS AUDITIVOS E NÃO AUDITIVOS RELACIONADOS AO RUÍDO
CONGRESSO MUNDIAL: UM JOGO PARA MONITORAR LER-DORT
CONGRESSO MUNDIAL: STRESS NO TRABALHO E ALTA SENSIBILIDADE À PROTEINA C REATIVA
DICAS DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES E DOENÇAS NO TRABALHO
AGROTÓXICOS
NEXO TÉCNICO EPIDEMIÓLOGICO PREVIDENCIÁRIO
PRINCÍPIOS EM SAFE DESIGN E AS NRS
IBUTG: ROTEIRO PARA CALCULAR SEM DECORAR
DIFERENÇAS ENTRE ACIDENTE, INCIDENTE, ATO INSEGURO E CONDIÇÕES INSEGURAS NA SEGURANÇA DO TRABALHO
GESTÃO DE RISCOS PARA PREVENÇÃO DE INCÊNDIO E EXPLOSÃO
DIFERENÇA ENTRE UM TRABALHADOR QUALIFICADO, CAPACITADO, HABILITADO, ATUORIZADO E AMBIENTADO
FERRAMENTAS MANUAIS E A SEGURANÇA NO TRABALHO
GESTÃO EM SST NA TERCEIRIZAÇÃO
A GESTÃO DO TEMPO E AS NRS EM SST
PVE - PONTOS DE VERIFICAÇÃO ERGONÔMICA E AS NRs
OS CARD - ORDEM DE SERVIÇO EM SEGURANÇA NO TRABALHO
CONGRESSO MUNDIAL: BRASILEIROS NO CONGRESSO MUNDIAL SST
DIMENSIONAMENTO DA CIPA E DO SESMT COM O NRFACIL
CARTAZES DE SEGURANÇA E AS NRs
CLASSIFICAÇÃO DE NRS