TOP 10 NRFACIL 2014

TOP 10 NRFACIL 2014

Veja quais foram os 10 artigos mais acessados e curtidos no Facebook do site em 2014!   TAGS: O REMISSIVO DAS NRS EM TABLETS E CELULARES, PVE - PONTOS DE VERIFICAÇÃO ERGONÔMICA E AS NRS, OS CARD - ORDEM DE SERVIÇO EM SEGURANÇA...

Leia mais

NR 10 e 16 (ELETRICIDADE E PERICULOSIDADE): A VERDADE CHOCANTE

NR 10 e 16 (ELETRICIDADE E PERICULOSIDADE): A VERDADE CHOCANTE

Desde a iluminação dos ambientes de trabalho até a energização de maquinário industrial pesado, nós dependemos de eletricidade no dia a dia de qualquer trabalho. Entretanto, tão necessário como a eletricidade é para a vida moderna, ela também apresenta um...

Leia mais

(NR-7 PCMSO) TOXICOLOGIA OCUPACIONAL: EXPOSIÇÃO COMBINADA A RISCOS

(NR-7 PCMSO) TOXICOLOGIA OCUPACIONAL: EXPOSIÇÃO COMBINADA A RISCOS

Tem sido comum as notícias sobre intoxicações de trabalhadores a diversos agentes de risco, tanto na produção como no transporte: mercúrio (fabricação de lâmpadas fluorescentes), chumbo (baterias), benzeno (combustíveis), entre outros, são os mais citados. Em 2010, um dos casos...

Leia mais

ILUSÕES DE AVALIAÇÃO DE RISCOS

ILUSÕES DE AVALIAÇÃO DE RISCOS

Conhecer e entender não resulta de analisar dados isolados; cautela e interpretação hábil de dados levam à verdadeira compreensão “O maios obstáculo para a descoberta não é a ignorância  – é a ilusão do conhecimento” (Daniel J Boorstin). Dados são...

Leia mais

(NRs 15 e 16): O QUE É PERIGOSO? - Final

(NRs 15 e 16): O QUE É PERIGOSO? - Final

Neste artigo são abordadas as diversas categorias de risco. Essas categorias certamente lembrarão aos profissionais do SESMT os diversos tipos de riscos e situações a que estão expostos geralmente os trabalhadores, principalmente em atividades industriais. Ter em mente a classificação...

Leia mais

(NR-15) RISCOS QUIMICOS EM SST: O QUE É PERIGOSO?

(NR-15) RISCOS QUIMICOS EM SST: O QUE É PERIGOSO?

Tem-se observado que os limites em vigor estão defasados e que a experiência histórica com esses agentes demonstra que as doenças ocupacionais continuam em expansão nos ambientes de trabalho. Portanto, uma das soluções apontadas para reduzir essas doenças é o...

Leia mais

ACIDENTE DE TRABALHO, POLÍCIA E PERÍCIA-2

ACIDENTE DE TRABALHO, POLÍCIA E PERÍCIA-2

No post anterior comentamos sobre a progressiva repercussão social de acidentes de trabalho, a ponto de demandar ideias como a implantação de uma Polícia especializada em acidentes de trabalho. Referimos os leitores para os comentários no site NRFACIL de dois especialistas que...

Leia mais

ACIDENTE DE TRABALHO, POLICIA E PERÍCIA

ACIDENTE DE TRABALHO, POLICIA E PERÍCIA

Os grandes acidentes com mortes de trabalhadores e perdas patrimoniais estão experimentando cada vez mais uma maior visibilidade pública. O resultado é que não só a comunidade SST mas a população em geral vai tomando progressivamente mais informação e consciência...

Leia mais

IDÉIAS PARA ACIDENTE-ZERO Parte 2

IDÉIAS PARA ACIDENTE-ZERO Parte 2

No post anterior, foram discutidos os fundamentos de uma cultura de acidente-zero, criando um alinhamento com aquilo que entendemos como acidente-zero e estabelecendo um envolvimento genuíno com essa visão. Uma vez criado o alinhamento e o envolvimento, qual o próximo...

Leia mais

ACIDENTES NUCLEARES NO BRASIL

ACIDENTES NUCLEARES NO BRASIL

O Brasil já conhece os efeitos de acidentes nuclares. O caso mais conhecido aconteceu em Goiânia, em 1987, quando uma fonte radioativa de césio-137, utilizada em aplicações médicas, foi abandonada pelos seus proprietários e depois rompida a marteladas num ferro-velho....

Leia mais

ALARME ESTAVA DESLIGADO NO ACIDENTE DA BP

ALARME ESTAVA DESLIGADO NO ACIDENTE DA BP

Os fatos envolvendo o acidente da Plataforma de petróleo da BP,  no Golfo do México, nos remetem, embora paradoxalmente, à questão de internacionalização da Amazônia. Os países desenvolvidos, liderados pelos Estados Unidos e Inglaterra, alegam incompetência dos brasileiros na gestão...

Leia mais

(NR-22) ACIDENTE NO CHILE: FALTOU UMA ESCADA DE EMERGÊNCIA

(NR-22) ACIDENTE NO CHILE: FALTOU UMA ESCADA DE EMERGÊNCIA

O acidente no Chile é uma boa oportunidade para estudarmos a NR-22-Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração, cujo principal objetivo é tornar compatível o planejamento e o desenvolvimento da atividade mineira com a busca permanente da segurança e da saúde dos...

Leia mais

UMA NOVA NR PARA O TRABALHO AEROPORTUÁRIO

UMA NOVA NR PARA O TRABALHO AEROPORTUÁRIO

Cerca de 30 mil trabalhadores (aeroviarios e aeroportuarios) compoem 90% da força de trabalho no transporte aéreo brasileiro, numa atividade que associa riscos diversos, em uma dinâmica semelhante ao do trabalho portuário (NR-29): atividades simultâneas, intensivas e complexas, executadas sob...

Leia mais

ESTUDO DE NRs DIGITAIS: O GRUPO II (NRs 15 e 16)

ESTUDO DE NRs DIGITAIS: O GRUPO II (NRs 15 e 16)

O Grupo II compreende as NRs para classificação de riscos graves nos ambientes de trabalho, os quais ensejam a possibilidade de pagamento de adicionais aos trabalhadores sob determinadas variáveis. As questões que surgem na discussão dessas NRs geralmente são: quem pode...

Leia mais

PLANOS DE CONTINGENCIA: UM NOVO DESAFIO PARA O SESMT

PLANOS DE CONTINGENCIA: UM NOVO DESAFIO PARA O SESMT

  Define-se contingência como a possibilidade de um fato acontecer ou não. É uma situação de risco existente, mas que envolve um grau de incerteza quanto à sua efetiva ocorrência. Sucintamente, as condições necessárias para a existência de uma contingência são:...

Leia mais

DataShow

20 PASSOS PARA UMA ESCALADA SEGURA
SEGURANÇA NO USO DE EMPILHADEIRA
AS 7 PRINCIPAIS CAUSAS DE ACIDENTES NA CONSTRUÇÃO CIVIL
REDE DESENERGIZADA: REGRAS DE OURO
DIFERENÇAS ENTRE PERIGO X RISCO
RISCOS ELÉTRICOS E PROTEÇÃO PARA OS PÉS
CONGRESSO MUNDIAL: PREVENÇÃO DE QUEDAS NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO
10 QUESTÕES SOBRE O USO DO CAPACETE
DIÁLOGOS CRÍTICOS EM SST
USANDO A LUVA DE SEGURANÇA ADEQUADA
ROTEIRO COMPLETO PARA TRABALHO EM ALTURA (NR 35)
INSALUBRIDADE X PERICULOSIDADE: DIFERENÇAS
TÓPICOS SELECIONADOS DE TOXICOLOGIA OCUPACIONAL
RUÍDO E VIBRAÇÃO
CONGRESSO MUNDIAL: PROBLEMAS AUDITIVOS E NÃO AUDITIVOS RELACIONADOS AO RUÍDO
CONGRESSO MUNDIAL: UM JOGO PARA MONITORAR LER-DORT
CONGRESSO MUNDIAL: STRESS NO TRABALHO E ALTA SENSIBILIDADE À PROTEINA C REATIVA
DICAS DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES E DOENÇAS NO TRABALHO
AGROTÓXICOS
NEXO TÉCNICO EPIDEMIÓLOGICO PREVIDENCIÁRIO
PRINCÍPIOS EM SAFE DESIGN E AS NRS
IBUTG: ROTEIRO PARA CALCULAR SEM DECORAR
DIFERENÇAS ENTRE ACIDENTE, INCIDENTE, ATO INSEGURO E CONDIÇÕES INSEGURAS NA SEGURANÇA DO TRABALHO
GESTÃO DE RISCOS PARA PREVENÇÃO DE INCÊNDIO E EXPLOSÃO
DIFERENÇA ENTRE UM TRABALHADOR QUALIFICADO, CAPACITADO, HABILITADO, ATUORIZADO E AMBIENTADO
FERRAMENTAS MANUAIS E A SEGURANÇA NO TRABALHO
GESTÃO EM SST NA TERCEIRIZAÇÃO
A GESTÃO DO TEMPO E AS NRS EM SST
PVE - PONTOS DE VERIFICAÇÃO ERGONÔMICA E AS NRs
OS CARD - ORDEM DE SERVIÇO EM SEGURANÇA NO TRABALHO
CONGRESSO MUNDIAL: BRASILEIROS NO CONGRESSO MUNDIAL SST
DIMENSIONAMENTO DA CIPA E DO SESMT COM O NRFACIL
CARTAZES DE SEGURANÇA E AS NRs
CLASSIFICAÇÃO DE NRS