O PERIGO DO AMIANTO

Quinta, 24 Agosto 2017 20:55
Avalie este item
(1 Votar)



Sou Larissa Reis, Arquiteta e colaboradora NRFACIL,
participante dos grupos em SST 
e hoje vamos
falar 
de um assunto muito importante neste Post.




Na sua casa tem caixa d'água ou telha de Amianto? então cuidado!

Vou começar explicando que o Amianto é um mineral retirado da natureza e que existe uma variedade dessa substância. Mas o Amianto Branco é o mais usado na indústria da Construção Civil, em países em desenvolvimento pelo baixo custo e sua abundância.

Esse produto já é em mais de 62 países incluindo toda União Européia, Chile e Uruguai. Mas o Amianto ainda é muito utilizado no Brasil devido ao forte Lobby das indústrias desse setor que tem conseguido barrar as leis que tentam proibir. O nosso país figura entre os 5 maiores produtores de Amianto do mundo, ao lado da Rússia, China, Cazaquistão e Canadá. Atualmente o Brasil produz 200 toneladas de Amianto por ano. Ao contrário do Canadá que exporta praticamente todo o Amianto produzido no país, o Brasil destino o maior percentual da fibra para consumo interno.

Entre os usos mais comuns do Amianto, se destacam produção a telha de Amianto, a caixa d'água feita de fibrocimento ou cimento Amianto, além de freios, juntas, revestimento de disco de embreagem e muitas outras coisas.

Não há níveis seguros de exposição a essa substância, qualquer pessoa que respire poeira dos mais de 3 mil produtos do Amianto e inale uma única fibra já pode desenvolver especialmente a Asbestose, também chamado de asbesto. É uma tentativa de cicatrização do tecido pulmonar, causada pelas fibras minerais de silicatos do asbesto. A asbestose é uma formação extensa de tecido cicatricial nos pulmões causada pela aspiração do pó de amianto. Também pode desenvolver Câncer de Pulmão, Laringe e Aparelhos Digestivos. 


 

 

A taxa de mortalidade é de 80% a 90% e as doenças são incuráveis. Números da Organização Mundial do Trabalho apontam que mais de 100 mil trabalhadores morreram em decorrência a exposição do Amianto. No Brasil o Sistema Único de Saúde já registrou mais de 25 mil casos de Câncer causado pela exposição do Amianto entre 2008 e 2011 e 2,4 mil mortes entre 2000 e 2011. Então vim aqui alertar vocês se ainda existe caixa d'água ou telha de Amianto em sua casa troque o mais rápido possível pois você e sua família estão em risco. Lembrando que se deve ter muito cuidado com a retirada deste produto pois ao desparafusar uma telha ou a quebra de qualquer produto com essa matéria prima gera ainda mais partículas de Amianto no ar, o que pode ser mortal.

Para se ter uma idéia, em muitos dos países que este produto é proibido, quando em uma reforma  encontrado qualquer elemento de Amianto, seja tubulação, isolamento térmico, caixa d'água, ou telha, a obra é interditada, retiram-se os funcionários e acionam uma equipe totalmente preparada, com roupas e máscaras, para a retirada deste produto.

 

Observatório do Amianto

Para regulamentar o minério conforme as novas pesquisas e descobertas, foi criado o Observatório do Amianto, projeto interinstitucional do Ministério Público do Trabalho no Paraná (MPT-PR) e da Associação Paranaense dos Expostos ao Amianto (APREA). O acordo de cooperação técnica ainda contará com a participação do Ministério do Trabalho e Previdência Social – Secretaria Regional do Paraná, Universidade Federal do Paraná (UFPR), Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba e Hospital Erasto Gaertner.

O objetivo do Observatório é agregar esforços para a realização de estudos epidemiológicos da população trabalhadora exposta ao amianto no processo produtivo; integrar, compartilhar e analisar bancos de dados sobre o tema; buscar e acompanhar ativamente casos de pessoas expostas; pesquisar a percepção de riscos ambientais da população acerca dos riscos à exposição ao amianto, bem como divulgar os riscos da exposição ao amianto; orientar e apoiar trabalhadores e familiares; além de tomar providências jurídicas e políticas pelo banimento.

 

Lido 204 vezes Última modificação em Sexta, 25 Agosto 2017 21:26

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Redator

TIPOS DE EXTINTORES DE INCÊNDIO
E-BOOK PARA EXTINTORES DE INCÊNDIO
NR-23: O QUE VOCÊ PRECISA SABER
(NRS 10, 12, 18, 31 E 33) ATMOSFERAS EXPLOSIVAS
NR-35: TREINAMENTO TEÓRICO E PRÁTICO
GUIA DE ANÁLISES ACIDENTE DE TRABALHO
INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE CORDAS DE SEGURANÇA
SEGURANÇA E UTILIZAÇÃO DE ABRASIVOS
O QUE VOCÊ ESPERA DA EMPRESA?
NR-20: AS 3 CLASSES DE INSTALAÇÕES
ABC DO TRABALHO EM EMBARCAÇÕES
MOTOBOY: CARTILHA PARA PREVENÇÃO DE ACIDENTES NO TRANSITO
GLOSSÁRIO DO INCÊNDIO
SALÁRIO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA: VEJA PORQUE É BAIXO
(NR-35) 10 ELEMENTOS BÁSICOS EM PROTEÇÃO DE QUEDAS
50 TONS DE SEGURANÇA NO TRABALHO
CONFIRA AS PRINCIPAIS DÚVIDAS E RESPOSTAS SOBRE A NR-17
SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHADOR (SST) NAS SUBCONTRATAÇÕES: QUESTÕES ATUAIS
SEGURANÇA NA UTILIZAÇÃO DE ANDAIMES
CARTILHA PARA SEGURANÇA NO CANTEIRO DE OBRAS
O STRESS DO EPI
O QUE FAZER NO LOCAL APÓS UM ACIDENTE DE TRABALHO?
O PERIGO DO AMIANTO
LOBBY DO AMIANTO GASTA US$ 100 MILHÕES NO MUNDO
AMIANTO: PERGUNTAS E RESPOSTAS
RUÍDO AERONÁUTICO: IMPACTOS E PERSPECTIVAS ATUAIS
RUÍDO SOMADO À EXPOSIÇÃO A PRODUTOS QUÍMICOS PODE CAUSAR DANOS DEVASTADORES A AUDIÇÃO
CALOR EM AMBIENTE EXTERNO É INSALUBRE?
5 RECOMENDAÇÕES PARA QUEM TRABALHA EM PÉ
BERNARDINO RAMAZZINI - AS DOENÇAS DOS TRABALHADORES (2016)
(NR-9) NÍVEL DE AÇÃO: DEIXANDO SEU PPRA A PROVA DE BALA
OS 10 MANDAMENTOS DO SOCORRISTA
DECAPAGEM QUÍMICA
PROBLEMAS LIGADOS AO ÁLCOOL E AS DROGAS NA SEGURANÇA NO TRABALHO
PONTOS DE VERIFICAÇÃO ERGONÔMICA NA AGRICULTURA
CARTILHA LER-DORT
PREVENÇÃO DE EXPOSIÇÃO AO BENZENO NO BRASIL
DOCUMENTOS MÍNIMOS PARA ATENDIMENTO À NR-12
A BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE
INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE: PERGUNTAS E RESPOSTAS
COMO CALCULAR ADICIONAL DE INSALUBRIDADE
PARA NÃO ESQUECER: 9 MOTIVOS PARA VOCÊ SE PREOCUPAR COM A NOVA LEI DA TERCEIRIZAÇÃO
TRABALHO AEROPORTUÁRIO E PERICULOSIDADE
CÓDIGO DE ÉTICA DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO
Monografia: O DIREITO À PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE DO TRABALHO PORTUÁRIO
INSS: DIREITO DE REGRESSO EM AÇÕES ACIDENTÁRIAS
(NR-5 CIPA) CULPA E RISCO EM ACIDENTE DE TRABALHO
ANÁLISE DE ACIDENTES: O FIM DA CAT?
ANÁLISE DOS SINAIS PRECURSORES DO ACIDENTE DA P-34
DA MEDICINA DO TRABALHO À SAÚDE DO TRABALHADOR
MÉTODO HRN (HAZARD RATING NUMBER) NA NR-12
VEJA COMO ATUALIZAR SEU SOFTWARE
15 DICAS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE LINHAS DE VIDA
AFINAL, O QUE É TESTE CARGA?
AFINAL, PODE OU NÃO ILUMINÂNCIA NO PPRA?
SESMT: PERGUNTAS E RESPOSTAS (MTE - 2016)
PROTOCOLO DE SEGURANÇA NO TRABALHO NAS OBRAS DAS OLIMPÍADAS RIO 2016
E-SOCIAL: UMA NOVA ERA NAS RELAÇÕES ENTRE EMPREGADORES, EMPREGADOS E GOVERNO (POR FELIPE COSTA, TST)
MODELAGEM COMPUTACIONAL APLICADA PARA SEGURANÇA/PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS
TIPOS DE FERRAMENTAS MANUAIS
MTE: ESTRATÉGIA NACIONAL PARA REDUÇÃO DE ACIDENTES NO TRABALHO 2015-2016
GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHADOR
UTILIZANDO UMA MATRIZ DE RISCO
GESTÃO DE RISCO NA CONSTRUÇÃO CIVIL
A GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO DE SAÚDE DO TRABALHADOR

Assine já e participe 

dos nossos grupos 

no Whats App!

Conheça profissionais 

de todo Brasil e tire

suas dúvidas!